Litoral da Bahia

Não foi a primeira história de pescador, mas foi o primeiro longo trekking… Foram 7 meses no ritmo das marés, para além dos 930 km de litoral da Bahia…
Quando sai de São Paulo em 1995, buscava ar puro, vento de mar… fui seduzida pelo encanto dos pescadores interagindo na paisagem, orientando, resgatando, alimentando, abrigando, contando histórias… Atravessar os rios só não era o maior desafio porque existem os manguezais – alguém urbano que já trilhou pelo mangue sabe as dificuldade. Felizmente os pescadores estavam lá, são guardiões, ensinam paciência, solidariedade, sobre ser-estar em harmonia…

 

“E por vezes as noites duram meses
E por vezes os meses oceanos
E por vezes os braços que apertamos
nunca mais são os mesmos  E por vezes

encontramos de nós em poucos meses
o que a noite nos fez em muitos anos
E por vezes fingimos que lembramos
E por vezes lembramos que por vezes

ao tomarmos o gosto aos oceanos
só o sarro das noites   não dos meses
lá no fundo dos copos encontramos

E por vezes sorrimos ou choramos
E por vezes por vezes ah por vezes
num segundo se evolam tantos anos”

E por vezes…
Davi Mourão Ferreira

VimParar_LiliaTandaya

AndarilhaSolitaria_LiliaTandaya

 

A caminhada teve início em Itaúnas, Espirito Santo e deveria terminar em Mangue Seco na divisa com Sergipe, mas se estendeu pelo rio São Francisco, uma outra história…

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: